Degustação de Chás gourmet e estilo de vida.

 
 

19/01/2015

Chá Verde da Amaya

Nada como começar o ano com uma degustação especial: falaremos do chá verde da Amaya, fabricante nacional dedicado ao ramo do chá. Anteriormente aqui no blog eu havia escrito a respeito do chá preto deles, que também vale a pena conhecer.

Chá Verde Amaya


Este chá é super indicado àqueles que procuram um chá verde forte, de personalidade. Ao abrir a embalagem (metálica e com fecho hermético, ideal para sua conservação) o aroma agradável de grama recém cortada em conjunto com algas e um leve adocicado já despertam nossa curiosidade.

Dentro da embalagem é possivel ver "mini" pérolas feitas com pedaços das folhas do chá, enroladas de forma tão firme que nem após sua infusão elas se abrem por completo.

Amaya Green Tea - Brazilian tea
Folhas do chá antes da infusão

Folhas do chá após sua infusão

A indicação do fabricante é 50°C por até 5 minutos. Após alguns testes, cheguei à configuração que mais me agradou: 2 minutos. Como as folhas foram fabricadas nesse formato, vistas nas fotos acima, o chá é bem intenso na hora da infusão. Um minuto a mais e você poderá achar ele forte demais para o paladar e por isso indico que comecem com o tempo que testei e aumentem caso necessário. A vantagem disso tudo é que rende muitas infusões das mesmas folhas!

Chá Verde da Amaya pronto para a degustação!

A primeira infusão tem um corpo bem presente, onde o característico amargor e adstringência conhecido pelo chá verde japonês tradicional se mistura com notas vegetais e aquela lembrança de adocicado ainda é presente - como um todo, em sabor, lembra um pouco o matcha, chá utilizado na cerimônia do chá japonês. A segunda infusão das mesmas folhas (mesma temperatura e tempo) fica mais arredondada, equilibrando melhor todos os sabores e deixando a xícara mais macia, prazerosa e refrescante. A terceira infusão, idem. O chá é tão forte que nem precisei mudar o tempo para as 3 infusões, e acredito que se fizesse mais uma ou duas, o tempo acrescido seria pouco.

Fazendo a infusão do chá, apreciando as pequenas pérolas das folhas

Para fazer a versão gelada da bebida, eu indico deixar o chá descansar uma noite toda em água gelada e coar na manhã do dia seguinte (dá mais tempo do chá liberar seus sabores por completo) seguindo a quantidade indicada pelo fabricante. E não deixe de experimentar misturar outros ingredientes (como sucos) ao chá verde gelado pois refresca muito neste calorão de começo de ano! É uma hidratação super saudável e gostosa.

Uma dica se você não possui termômetro: para atingir os 50°C pedidos pelo fabricante, ferva a água (100°C) e espere ela esfriar por 15 minutos. (pelo menos agora no verão, em temperaturas mais baixas com certeza a água deve esfriar mais rápido).

Para encontrar os chás da Amaya na capital de São Paulo, não deixe de visitar esta nova loja da Mundo Verde, que pretende investir em chás especiais:
Mundo Verde - Aclimação
Endereço: Av. Aclimação 818, Aclimação, São Paulo - SP.
Tel: (11) 3399-3083

E para maiores informações sobre os chás da Amaya, visite o site da empresa: www.helioamaya.com.br Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

2 comentários:

  1. Muito bom, Yuri!
    :)
    Sensacional, na realidade.. Senti realmente uma presença bem forte e, estou descobrindo que eu realmente gosto assim. Obrigada pelo texto, agregou muito na minha percepção. Parabéns. Beijo.

    ResponderExcluir

INSTAGRAM @chaarteevida

Escola de Chá Embahú

Comentários Recentes

Receba as atualizações por email

Este símbolo indica conteúdo em língua inglesa
♦♦ Este símbolo indica conteúdo em língua francesa
♦♦♦ Este símbolo indica conteúdo em língua japonesa
Este símbolo indica conteúdo em língua espanhola


Arquivo do blog

Siga-me!

InstagramFlickrFacebookFeed RSSFlickrTwitter Feed RSS
 
| Início | Sobre a Autora | Entre em Contato | Escola de Chá Embahú |

Design e Fotos por Yuri Hayashi.
"Chá & Poesia" - Todos os direitos reservados, 2008®, 2009®.
"Chá, Arte e Vida!" - Todos os direitos reservados, de 2010® a 2016®.