Degustação de Chás gourmet e estilo de vida.

 
 

19/04/2010

Conhecendo a Camellia sinensis (Ou, a planta do chá verde, branco, preto, etc.)

Você sabia que o nome científico da planta do chá é Camellia sinensis? E você sabia que todos os chás vêm da mesma planta? Bom, vamos tentar esclarecer esse assunto todo:

Separei acima algumas ilustrações da planta, sua flor e semente.

A planta "Thea sinensis" (como era conhecida em seus primórdios mas teve seu nome atualizado), do gênero Camellia, subdivide-se dentro da sua variação chinesa (Camellia sinensis sinensis) e da variação indiana (Camellia sinensis assamica). Ainda possuímos a Camellia sinensis lasiocalyx (Cambódia), dito ser uma mistura das duas variedades anteriores. A Camellia sinensis sinensis (sinensis significa Chinês em latim), é um arbusto de folhas com  tamanho médio de 5 cm, enquanto a variedade assamica (assim como a lasiocalyx) é uma árvore de até 18 m de altura, que possui folhas grandes, chegando até 35 cm. A variação cambodiana é utilizada para a reprodução de híbridos e, hoje em dia, existem muitas subvariedades da planta por aí, é só dar uma lida  nos ingredientes que aparecem nas embalagens dos chás e vocês verão os diversos nomes científicos que surgem no mercado. Outro fato a ser mencionado é que, apesar da planta chinesa ser um arbusto, existem grandes árvores selvagens de chá no meio da China, com centenas de anos, que atingiram grandes proporções através dos tempos.

Muitas pessoas possuem a Camellia sinensis como planta ornamental pois sua flor tem um perfume delicado e agradável, e o seu fruto chama atenção, lembrando, em formato e tamanho, um pequeno tomate verde.

Flor da Camellia Sinensis.Foto: Wikipedia

Com uma planta Camellia sinensis você pode produzir todos os tipos de chás existentes no mercado. A mesma folha pode ser processada de ínumeras formas chegando-se aos resultados mais variados. Este processo é uma verdadeira arte comandada por um Mestre de Chás (ou, em tempos modernos, um gerente de produção) que possui muitos anos de experiência em sua manipulação. Uma grande quantidade de chás gourmet/especiais se utilizam deste trabalho, de forma puramente manual, enquanto grandes marcas que atendem uma demanda maior já trabalham com máquinas direcionadas a este fim.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

4 comentários:

  1. Olá, Yuri

    Você saberia me informar sobre bons livros ou artigos (etc) que tratem das técnicas de processamento e da manipulação da C.sinensis.
    Tenho interesse sobre o assunto mas estou tendo dificuldades em achar boa informação sobre o preparo das folhas e flores.

    Grato desde já
    Ramsés

    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ramsés, esse assunto realmente é um pouco difícil de se encontrar. Você pode ter uma idéia geral dos processos de vários tipos de chás no livro The Story of Tea ( Mary Lou Heiss, Robert j. Heiss). Espero que ajude!
      Abraços!
      Yuri

      Excluir
  2. Respostas
    1. Oi, Zizi!
      Muito obrigada pelo comentário!
      Abraços!
      Yuri

      Excluir

INSTAGRAM @chaarteevida

Escola de Chá Embahú

Comentários Recentes

Receba as atualizações por email

Este símbolo indica conteúdo em língua inglesa
♦♦ Este símbolo indica conteúdo em língua francesa
♦♦♦ Este símbolo indica conteúdo em língua japonesa
Este símbolo indica conteúdo em língua espanhola


Arquivo do blog

Siga-me!

InstagramFlickrFacebookFeed RSSFlickrTwitter Feed RSS
 
| Início | Sobre a Autora | Entre em Contato | Escola de Chá Embahú |

Design e Fotos por Yuri Hayashi.
"Chá & Poesia" - Todos os direitos reservados, 2008®, 2009®.
"Chá, Arte e Vida!" - Todos os direitos reservados, de 2010® a 2016®.