Degustação de Chás gourmet e estilo de vida.

 
 

29/07/2010

Ainda sobre refinamento do paladar...

Que coincidência! Passei para ler a coluna do Paladar, no Estadão, e eles abordaram justamente o tema que falamos agora há pouco no "Degustação de Chá - Afinando o paladar", em uma matéria entitulada "Supersensíveis".

Reproduzo um trecho: "(...) Tecnicamente, o nariz e a língua de todos eles não apresentam grandes diferenças em relação aos das pessoas comuns. O que distingue um grande provador não é apenas "o dom de perceber". É uma combinação entre a sensibilidade do indivíduo e a capacidade que seu cérebro tem de associar, armazenar e acessar essas informações. Em outras palavras, não basta sentir o perfume. É preciso reconhecê-lo e poder lembrar dele. Robert Parker gosta de contar que foi construindo seu banco de dados desde adolescente, quando caminhava pelas ruas "cheirando", com atenção, de lixo a flores.

"Esta é uma capacidade que se adquire com a prática", explica Josy Carolina Pontes, mestre em ciências e doutoranda em neurociências do Laboratório de Neurofisiologia da Unifesp. "O que conta para o treinamento de uma superlíngua ou um supernariz, além da aptidão genética, é a intensidade da atividade cerebral", diz o neurocirurgião paulista Yann Motta.

Especialista em degustação de cafés, Ensei Neto ressalta a grande diferença entre perceber sabores e interpretá-los. "A interpretação é um processo educativo que envolve treinamento, vocabulário e, muitas vezes, o repertório cultural", diz. 

Quer dizer, para que o cérebro seja capaz de identificar determinado aroma ou sabor é preciso que eles tenham sido armazenados na memória. Você só vai conseguir reconhecer o perfume de uma rosa se já tiver cheirado uma rosa anteriormente e registrado o perfume em seu banco de dados olfativo."

Aproveita e passa por lá para ler o resto!

Comercial do Lipton Ice Tea

Achei este vídeo do ator Hugh Jackman em um comercial do Lipton Ice Tea, mostrando seus dotes de dançarino. É difícil pra mim, tirar a ligação do personagem Wolverine (X-men) dele, e por isso achei hilariante. Para alegrar a sua tarde:



Uma colocação bem feita pelo meu marido, este comercial é bem inspirado no clip da música Weapon Of Choice, do Fatboy Slim (cuja versão, nós preferimos do Caravan Palace).

27/07/2010

Degustação de Chá - Afinando o paladar

Fiquei devendo algumas dicas de como desenvolver melhor o paladar para auxiliar na degustação de chás. Chegou a hora, vamos lá?
 - É importante lembrar quais são os sabores básicos (doce, azedo, salgado, amargo e umami). Muitas pessoas confundem amargo com azedo, e por isso é bom deixar registrado em seu cérebro a diferença, experimentando cada um de forma consciente. Momento cultura inútil para esta postagem: Lembra daquele mapa de sabores sentidos na língua, que aprendemos na escola? Estudos recentes mostram que essa teoria está incorreta e que os receptores dos sabores estão espalhados por toda a língua. Mais ainda, a sensibilidade dos mesmos pode variar entre homens e mulheres.

- Além de isolar os sabores básicos, gosto de experimentar os ingredientes isolados para também reconhecê-los em uma composição. Assim, se um blend de chá possuir chá preto, hibisco, mel e rosa, conseguirei identificar cada um dos elementos da sua composição em determinado momento, ao bebê-lo. Poderei dizer que a base é o chá preto, o sabor se mantém na rosa com mel e o gosto final é do hibisco. O que tento fazer é procurar as ervas isoladas e comprá-las, fazendo infusões delas e assim ampliar meu leque de sabores novos. Por isso digo que é sempre muito bom experimentar de tudo na vida, nunca se sabe quando se encontrará um ingrediente inusitado em um chá!

- Não esqueça de cheirar o chá em todo o seu processo, as folhas secas, as folhas após a infusão e o liquor (nome dado ao líquido proveniente do chá) final. O cheiro ajuda a dar um panorama geral do corpo do chá.

- O chá é um líquido muito sutil e muitas vezes, para obtermos o máximo de seu sabor, é preferível bebê-lo sozinho, sem acompanhamento. Você poderá harmonizá-lo posteriormente, quando já estiver familiarizado com seu sabor. Também vale tentar não comer nada gorduroso ou picante antes da degustação para não interferir na mesma.

-  Apesar de ser sutil, o chá possui muitas nuâncias, e geralmente dizemos que ele tem base em três sabores para sua composição: o de primeiro plano (top note), um secundário (middle ground) e o sabor de fundo (background). 

- Os degustadores profissionais têm uma técnica na hora da degustação: Quando bebem o chá, não viram o líquido aos lábios simplesmente. Eles sugam o liquor, fazendo barulho, deixando o ar entrar em conjunto com o líquido. Isto ajuda o desenvolvimento do sabor por igual dentro da boca. Segue dois vídeos sobre isto (em inglês e em alemão):



Ainda não terminei sobre este assunto, mas por hora fico por aqui. Antes de ir, não esqueçam que o que realmente vale acima de todas essas dicas, é o prazer do sabor e do momento que o chá nos proporciona. Sem isso, nenhuma dica faz sentido!

Em breve, mais do mesmo!

26/07/2010

Meu pomar orgânico

O post falando do meu querido Mirtilo que foi atacado por Formigas Cortadeiras fez sucesso, e por isso vou tentar explicar um pouco sobre os métodos que aprendi para tentar seguir a linha orgânica no cuidado de um jardim ou pomar. Aproveito para agradecer à todos que me enviaram suas dúvidas a respeito.

Antes de escolher ser orgânico, precisamos ter em mente que isso significa que você se importa não só com os produtos que consome mas também com o sistema que vive em volta da sua plantação. Todos os seres que ali habitam, têm o direito de estarem ali, e a gente, ser humano, acaba invadindo um espaço perfeito, equilibrado, querendo impor nossa vontade acima da Terra. Tentar trabalhar a harmonia do lugar sem ser invasivo não é fácil. No manejo orgânico tentamos contornar a situação problemática, utilizando ações indiretas nos casos. Para isso, é necessário paciência e compreensão com a Terra. 



O caso das Formigas Cortadeiras é bem comum, muitas pessoas têm problemas com elas, e a solução convencional são as iscas tóxicas, carregadas pelas formigas até os ninhos, que acabam matando toda a colônia. Para fugir do químico existem milhares de métodos que o conhecimento popular propagou e podem ser encontrados na internet. O que eu já tentei e posso dizer que não funcionou comigo foi o uso da borra do café - É dito ser bom para espantar as formigas, mas uma vez que elas já se instalaram com o ninho, não adianta muito. Então recebi a dica de colocar gergelim espalhado pelo terreno pois elas funcionam como uma isca natural, o gergelim tem propriedade de matar o fungo do qual as formigas se alimentam e, assim, elas morreriam de fome (Ainda não testei). O que de fato eu acabei fazendo para o caso do Mirtilo foi plantar ao seu redor a flor Capuchinha, que assim como cravo/louro/laranja/pimenta/etc., é um repelente natural pois as formigas não gostam so seu sabor picante e evitam o local da planta. Aparentemente ela funcionou, vi a fila das Cortadeiras passando ao lado das flores, ignorando o que havia do outro lado, o Mirtilo (Haviam traços de mordidas na folha da Capuchinha também, mas fora abandonado rapidamente). Uma outra coisa bacana para quem gosta de cozinhar é que a Capuchinha é comestível, podendo ser utilizada em saladas e pratos - um bom incentivo se você precisa espantar umas formigas e ainda ganhar um novo sabor em casa!).

Como agora sei que vocês têm interesse neste assunto, eu os manterei informados sobre como vai o manejo orgânico no meu pomar.

23/07/2010

Quem degusta melhor cerveja, homens ou mulheres?

Tem vezes que o "dom" da comunicação ajuda um pouco a mulherada por aí... matéria da Eatocracy, canal gastronômico da CNN.

22/07/2010

Compre produtos locais


Encontrei esta série de vídeos que mostra os fazendeiros do estado de Maine, nos Estados Unidos. É uma espécie de projeto para conhecer quem são as pessoas e as histórias por detrás dos alimentos que nós escolhemos comer. Não sei se vocês sabem mas comprar produtos locais, quem têm origem na sua cidade, garante o frescor e qualidade do alimento pois o transporte é rápido e os produtos chegam à sua mesa quase no mesmo dia da colheita. Além de diminuir os custos  com transporte/mão-de-obra e, consequentemente, a redução da poluição, também se quebra a cultura de comprar os produtos altamente industrializados por mega corporações, o que me leva a isto:


Este trailer do filme "Dirt" retrata como temos cuidado de uma das preciosidades do nosso mundo, a nossa Mãe Terra. Fica de reflexão para todos nós.

21/07/2010

Mais do meu jardim...

Mesmo em construção, meu jardim já está dando alguns frutos (literalmente falando!). Abaixo vocês verão um pézinho de Morango Silvestre que plantei quando a mudinha possuía apenas a folhagem, ainda pequena. Agora mal vejo a hora de poder experimentar seu fruto. Aproveitando: Cultura inútil - Você sabia que das frutas, morango é o sabor mais popular no mundo todo para doces?

Morango

Mirtilo

Acima é a singela flor do Mirtilo (Blueberry). Nunca havia imaginado que ela era tão bela até ter o interesse em cultivá-la. Infelizmente, apesar da foto, não teremos a fruta tão logo. Tivemos um pequeno problema com Formigas Cortadeiras, que como nós, adoraram o Mirtilo. Mas nesta hora é ter paciência mesmo e esperar a planta se recuperar - a Mãe Natureza é incrível e, logo logo, novas folhas virão. Como estamos fazendo tudo orgânico, vou tentar aplicar alguns métodos naturais para espantar esse formigueiro pra mais longe, depois conto o resultado.

16/07/2010

Cerimônia do Chá em São Paulo

Mais desnaturada do que eu, quase impossível: Já ia esquecendo de mais um evento que trará a cultura do chá para nossos dias. O Festival do Japão, em São Paulo, que começou hoje e vai até domingo, terá apresentações públicas da Cerimônia do Chá pelo Centro de Chadô Urasenke, nos dias 17 e 18, às 11h e às 16h - para participar basta retirar senha no stand com antecedência. Quem puder comparecer, vale a pena, é uma belíssima cerimônia e o Festival em si é cheio de gostosuras da terrinha dos meus antepassados - basta ter um pouco de paciência com a multidão (180 mil pessoas no último ano!).

Kama furo (chaleira e braseiro) utilizado na Cerimônia do Chá japonês. Foto: Japanese ornament

Mais informações do evento: www.festivaldojapao.com

12/07/2010

Evento Chás e Infusões: Sabores e Aromas da Natureza

Pessoal de São Paulo, uma boa oportunidade para quem quiser começar no mundo dos chás e experimentar algumas marcas:
     
"Casa Santa Luzia promove, em julho, a Semana do Chá

A Casa Santa Luzia realiza nova edição do evento Chás e Infusões: Sabores e Aromas da Natureza, entre os dias 19 e 24 de julho, buscando desvendar o universo desta bebida tão especial. Os interessados em conhecer e participar do evento devem se dirigir ao Mezanino, onde se localiza do setor de chás da Santa Luzia.

A programação (grátis) é formada por degustações de várias marcas de chá (a partir de 20/7, das 10h às 19h), ofertas e exposição especial, além de uma palestra, dia 22 de julho (às 15h), ministrada pela especialista em chás Carla Sauressing.

Ao promover o evento Chás e Infusões a Casa Santa Luzia pretende estimular no consumidor o verdadeiro prazer em degustar as bebidas, além de informar sobre suas variedades e formas de preparo. A organização é de responsabilidade do Serviço de Nutrição da Casa, responsável, entre outras coisas, pelo atendimento personalizado aos clientes em seu Setor de Alimentos Especiais.

O evento é organizado em parceria com as empresas fornecedoras dos chás e infusões. As marcas confirmadas nesta edição são as seguintes: A Loja do Chá, Twinings, Celestial Seasonings, Revolution, Schraiber, Stach Premium, Ahmad Tea, Clipper, Panizza, Krüger, Feel Good, Dr.Oetker, Matte Leão, Sanavita, Chocolate des Arts e The Gourmet Tea.

Programação - Chás e Infusões: Sabores e Aromas da Natureza

• Degustações
De 20 a 24 de julho – das 10h às 19h
Local: Mezanino Santa Luzia - Grátis

• Palestra
Tema: Chás e Infusões: como apreciar essas bebidas
Data: 22 de julho - quinta-feira – às 15 horas
Palestrante: Carla Saueressing
Local: Mezanino Santa Luzia – Grátis (com degustação) - Alameda Lorena, 1471

Inscrições: grátis (pelo telefone 3897-5035) – Vagas limitadas

A palestra Chás e Infusões: como apreciar essas bebidas, de Carla Sauressing, é Ideal para quem procura se iniciar no delicioso ritual do chá. A abordagem de Carla inclui itens como: a história do surgimento do chá, suas características e variações, a diferença entre chás e infusões e as diferentes formas de preparo das bebidas.

Carla Saueressing – proprietária da Loja do Chá e representante da alemã TeeGschwendner - é especialista em chás e criadora de receitas de pratos doces e salgados utilizando a bebida."

Promoção do Matte Leão

Vocês também devem encontrar pelos supermercados da região esta promoção do Matte Leão: Levando duas caixas do mate, vai junto uma chaleira infusora que pareceu bem prática se você toma mais de uma xícara da erva por vez. Sai por menos de R$20.

01/07/2010

85 Dias - Plantando a Camellia sinensis 4

Passaram-se 85 dias desde que eu plantei as sementes das minhas Camellia sinensis. Vocês verão na foto abaixo como as folhas estão enormes, a maioria das mudas já possuindo 3 folhas. Algumas mudas estão desenvolvendo a quarta folha enquanto algumas outras estão praticamente terminando de brotar. O clima por aqui está bem ameno, e no começo da semana fiz uma pequena manutenção, completando os recipientes com um pouco de terra adubada com material orgânico.
O ritmo está indo bem e acredito que em breve terei mais novidades sobre as pequenas. Aguardem!

INSTAGRAM @chaarteevida

Escola de Chá Embahú

Comentários Recentes

Receba as atualizações por email

Este símbolo indica conteúdo em língua inglesa
♦♦ Este símbolo indica conteúdo em língua francesa
♦♦♦ Este símbolo indica conteúdo em língua japonesa
Este símbolo indica conteúdo em língua espanhola


Arquivo do blog

Siga-me!

InstagramFlickrFacebookFeed RSSFlickrTwitter Feed RSS
 
| Início | Sobre a Autora | Entre em Contato | Escola de Chá Embahú |

Design e Fotos por Yuri Hayashi.
"Chá & Poesia" - Todos os direitos reservados, 2008®, 2009®.
"Chá, Arte e Vida!" - Todos os direitos reservados, de 2010® a 2016®.