Degustação de Chás gourmet e estilo de vida.

 
 

29/01/2013

Degustação de chá: Da Hong Pao (Wuyi Rock Oolong)

É nas montanhas rochosas do Parque Nacional Wuyi Shan em Fujian, na China, que o chá Oolong teve seu nascimento segundo conta a história. Seu ambiente (foto abaixo) é fantástico, cheio de água, um pouco de altitude e plena umidade, ideal para o plantio do que consideram o "Rei dos Chás". O lugar também foi considerado pela UNESCO um sítio de Herança Mundial por sua importância biológica - entre outras coisas, ouvi dizer que existem muitas espécies de cobras em sua área de preservação que chega a 92% do Parque - e por sua parte histórica - existem muitos templos, ruínas e vivência neste lugar.

Montanhas rochosas de Wuyi, China. Foto: Wikipedia



A lenda conta que algum nobre (existem algumas versões diferentes da história) durante a Dinastia Ming foi curado pelo chá proveniente das árvores incrustadas nas montanhas rochosas de Wuyi e o Imperador, em forma de gratidão, protegeu os arbustos com grandes roupões vermelhos, dando o nome a este chá oolong conhecido nos dias de hoje: Da Hong Pao (Grande Roupão Vermelho).

Árvores anciãs de chá. Foto:esgreen.com
Árvores anciãs nas montanhas de Wuyi

Dessas árvores, seis ainda existem até hoje com média de 350 anos de idade e são altamente veneradas pela comunidade local. Até o ano de 2006 a colheita de chá dessas árvores anciãs era permitida de forma limitada, apenas um quilo anual, e seu preço de mercado o transformou em um dos chás mais caros do mundo (23 mil dólares por 20 gramas, em 2002). Hoje a sua colheita foi proibida para que as plantas fossem preservadas.

Graças à tecnologia, não precisamos gastar tanto para poder experimentar um fragmento dessas belas árvores de chá. Existem plantações de clones das árvores anciãs de Wuyi, de onde veio a versão de Da Hong Pao que experimentei. Certamente não é tão especial como a original, mas tenho certeza que ela consegue transpor um pouco da essência do lugar.

wuyi_tea1
Embalagem do chá  Da Hong Pao

Este chá oolong, semi-oxidado, possui folhas inteiriças e enroladas que enquanto ainda secas são de um escuro profundo, exalando a lembrança de algas, possui aroma amandeirado e um certo ar de de umami.

Folhas secas de Da Hong Pao

Sua infusão se traduz em um lindo liquor cobre, límpido, claro, e o sabor amadeirado preenche a boca inteira, com notas de nozes, um pouco floral.

A primeira infusão que fiz das folhas foi para uma limpeza e amaciamento, 10 segundos em água fervente. Depois fiz uma infusão de 30 segundos também com água fervente e a cada infusão o chá ficava mais macio e redondo. Parei na sexta infusão, que reuniu apenas as notas florais e adocicadas, determinando o fim desta deliciosa experiência.

Liquor acobreado

E para finalizar, a CCTV (chinesa) fez um seriado mostrando "A Cultura do Chá nas Montanhas Wuyi", com legendas em inglês, muito legal para conhecer um pouco mais da cultura local. O lugar é incrível e os chás ali produzidos refletem muito bem o seu terroir, vale a pena assistir:

Clique na imagem para assistir os vídeos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

INSTAGRAM @chaarteevida

Escola de Chá Embahú

Comentários Recentes

Receba as atualizações por email

Este símbolo indica conteúdo em língua inglesa
♦♦ Este símbolo indica conteúdo em língua francesa
♦♦♦ Este símbolo indica conteúdo em língua japonesa
Este símbolo indica conteúdo em língua espanhola


Arquivo do blog

Siga-me!

InstagramFlickrFacebookFeed RSSFlickrTwitter Feed RSS
 
| Início | Sobre a Autora | Entre em Contato | Escola de Chá Embahú |

Design e Fotos por Yuri Hayashi.
"Chá & Poesia" - Todos os direitos reservados, 2008®, 2009®.
"Chá, Arte e Vida!" - Todos os direitos reservados, de 2010® a 2016®.