Degustação de Chás gourmet e estilo de vida.

 
 

03/04/2013

Degustação de infusão: Rooibos Orgânico

Meus amigos (muito obrigada aos três) estiveram na África do Sul e trouxeram dois tipos de infusão orgânica de Rooibos, um em sachê e outro em extrato(!) da marca Rooibos Ltd.

Rooibos

A infusão Rooibos (que significa Arbusto Vermelho, Redbush) vem da planta Aspalathus linearis, um arbusto que pode chegar a até 2 metros de altura. Ela foi provavelmente descoberta pelo povo indígena Khoisan, na África do Sul, mais precisamente na região montanhosa de Cederberg que fica perto da turística Cape Town. Abaixo reproduzo um vídeo bem completo da Rooibos Limited que conta toda a história desta infusão, em inglês:


Seu processo de fabricação envolve a oxidação das folhas e a secagem natural em sol (lembra muito a manipulação do chá da Camellia sinensis). Também há um vídeo sobre isso:


Acima, o processo mostrado é o do Rooibos popularmente conhecido, que tem a coloração avermelhada, mas também existe o Rooibos Verde que tem seu processamento similar ao do chá verde. Nesta última, a oxidação é evitada, tentando deixar suas folhas e galhos no estado mais natural possível, dando destaque à outro leque de sabores, diferenciando-se do Rooibos tradicional.

Rooibos
O liquor resultante da infusão do sachê da Rooibos Limited.

O Rooibos para mim, tem como principal característica seu perfume madeirado, bem forte e marcante. Entre as notas de tabaco, flores e especiarias, também é adocicado e refrescante - a infusão do sachê era incrivelmente perfumada, enquanto a em pó tinha um sabor menos fresco, com menos notas aromáticas. Em sua categoria me lembra muito o chá mate tostado, incluindo a sua versatilidade de ser misturado com diversos outros ingredientes e manter suas características vivas. É comumente adoçado com mel (combina com seu sabor), por vezes é tomado com um pouco de leite e também há quem prefira com limão - costumes bem europeus, sendo este um grande mercado para a infusão, diga-se de passagem.

A indústria do Rooibos é uma das mais emergentes na atualidade e além da tradicional infusão feita com a planta, também estão sendo fabricados extratos em pó e xaropes para bebida instantânea, culinária, farmácia, etc. A última curiosidade que ouvi é a do "expresso" feito a partir do Rooibos, uma infusão concentrada servida com leite no vapor. Por não possuir cafeína é ótima alternativa noturna aos que possuem sono sensível, e é dito ser ótimo contra alergias de pele e dores estomacais. A minha experiência pessoal com a infusão é a de calmante: após duas xícaras da infusão me dá um sono (ainda mais se já estou cansada)!

Rooibos
Liquor resultante da mistura do extrato de Rooibos (pouquíssima quantidade) com água quente.

Assim como vimos na postagem sobre Terroir que existe uma entidade que controla a qualidade dos chás indianos, a África do Sul também possui uma entidade que toma conta do Rooibos, o South African Rooibos Council.

Além de toda esta história sobre a  infusão, o seu berço de origem é também um grande setor de escalada, mundialmente famoso, apelidado de Rocklands.  Tenho dois bons motivos para visitar este lugar no futuro!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

INSTAGRAM @chaarteevida

Escola de Chá Embahú

Comentários Recentes

Receba as atualizações por email

Este símbolo indica conteúdo em língua inglesa
♦♦ Este símbolo indica conteúdo em língua francesa
♦♦♦ Este símbolo indica conteúdo em língua japonesa
Este símbolo indica conteúdo em língua espanhola


Arquivo do blog

Siga-me!

InstagramFlickrFacebookFeed RSSFlickrTwitter Feed RSS
 
| Início | Sobre a Autora | Entre em Contato | Escola de Chá Embahú |

Design e Fotos por Yuri Hayashi.
"Chá & Poesia" - Todos os direitos reservados, 2008®, 2009®.
"Chá, Arte e Vida!" - Todos os direitos reservados, de 2010® a 2016®.