Degustação de Chás gourmet e estilo de vida.

 
 

30/03/2011

As últimas novidades das nossas plantações

Faz um tempo que não comento como andam as coisas por aqui no terreno. Então, novamente, falarei por fotos:

Joá
Joá ou Physalis: Os balõezinhos começaram a pipocar incrivelmente. Vejo todos, em breve, em um pote de geléia, hmmmm....

Jasmim
Meu Jasmim da Arábia resistiu à uma segunda transferência de lugar muito bravamente e, com a ajuda de um tutor, está se mantendo firme e forte. Até flores ela está dando. Uma verdadeira guerreira!

Jiló
Alguns jilós também já estão prometidos para uma conserva com abobrinhas. Os outros podem virar o delicioso aperitivo que meu marido faz para acompanhar uma cachacinha. Plantamos mais pés dele no lugar da berinjela. Esta não resistiu à tamanha umidade decorrente das chuvas contínuas.

Pinhão
O pinhão chegou mais cedo ainda! Ganhei este saco enorme da vizinha. Estamos preparando um prato muito gostoso com ele e em breve publico o resultado!

Banana nanica
Ah, as bananas... começaram desde novembro do ano passado e já viraram bananada, bolo, banana frita... e ainda não acabaram. As minhas já acabaram mas as dos vizinhos ainda não, e vira e mexe ganhamos mais um cacho!

E por enquanto é isso. Já vi futuros novos rebendos à caminho e daí, posto mais coisas fresquinhas! Vejo vocês em breve!

27/03/2011

Plantando a Camellia sinensis: Marcante surpresa!

Como vocês sabem, arrisquei plantar algumas mudas das Camellia sinensis no solo conforme meu último post sobre a planta. Nesta semana meu marido me chamou atenção para um detalhe em uma das mudinhas que ainda permaneciam em nossa maternidade. E que grande surpresa que foi: uma linda flor nascendo!!! Compartilho este momento com vocês:

Camellia sinensis...
Um dia antes de florescer


Camellia sinensis...
Floresceu!

Em breve volto com uma foto de como estão indo as mudas plantadas no chão. E como elas estão indo bem!

22/03/2011

Conhecendo melhor os chás: Chá Amarelo

O Chá Amarelo ainda é pouco conhecido no Ocidente e até em terras orientais ele era basicamente produzido para consumo local. O seu processo de fabricação é lento, e por isso, sua disponibilidade no mercado é bem restrita.

Chá Amarelo. Foto: Yuri Hayashi
Xícara com Chá Amarelo
Origem
O Chá Amarelo é de origem chinesa, sendo utilizado como Tributo ao Imperador durante centenas de anos atrás. Coincidentemente, a cor amarela era a cor oficial do Império chinês e todos os chás pagos como tributo eram assim chamados (por isso não confundir o Chá Amarelo, um tipo de chá, com o Chá Amarelo de Tributo - que é apenas o apelido para qualquer tipo de Chá dado em homenagem ao Imperador).

Colheita
Sua colheita é feita no início da Primavera e é utilizado os brotos e algumas folhas novas da Camellia sinensis. Existem variedades que utilizam folhas maiores, colhidas posteriormente, mas todas, assim que colhidas, são enroladas e ganham a aparência de pequenas agulhas.

Processo
O Chá Amarelo passa por um processo parecido com o dos Chás Verde colhidos no início da Primavera. A partir de um certo ponto em sua fabricação, o Chá Amarelo é "frito" e "embrulhado" em tecido ou papel, sendo esta operação repetida por dias até, por fim, ser assado em seu processo final. Este procedimento retira aquele sabor vegetal, que lembra grama, do Chá Verde e adiciona um sabor mais adocicado e suave ao liquor. Mesmo com a diferença nos passos da sua fabricação, ele consegue reter as mesmas propriedades medicinais ditas existentes no Chá Verde, sendo apenas levemente oxidado (assim como o Chá Branco) e também é levemente fermentado.

Características de sabor e coloração
A história que contam sobre o Chá Amarelo é que ele é feito para quem gosta do Chá Verde mas não suporta a sua adstringência e gosto forte. Certamente você não encontrará nenhuma adstringência no Chá Amarelo, apenas refrescância e perfume de frutas, muito levemente adocicado. Como diz o seu nome, o Chá Amarelo tem liquor de coloração amarela, e suas folhas secas têm uma coloração que vai da palha ao verde. Assim como um bom chá chinês, ele permite mais de uma infusão com as mesmas folhas.

Yellow Tea: Meng Ding Huang Ya by Yuri Hayashi, on Flickr
Chá Amarelo Meng Ding Huang Ya

Tipos de Chá Amarelo
 Conforme dito anteriormente, o processo de fabricação deste chá é extremamente tedioso, custoso e, consequentemente, sua fabricação foi em certo momento, reduzida por conta da demanda de mercado (produz o que se faz mais rápido e vende-se fácil, à baixo custo). Até as técnicas de produção deste chá estão sendo esquecidas pelo desuso, uma verdadeira perda para todos nós.

Podemos encontrar mais facilmente à venda apenas três tipos de Chá Amarelo, o Meng Ding Huang Ya ("Broto Amarelo" da Província de Sichuan), Jun Shan Yin Zhen ("Agulha Prateada" da Província de Hunan - não confundir com o seu homônimo no Chá Branco) e o Mo Gan Huang Ya ("Chá Amarelo" da Província de Zhejiang) - este último sendo o menos conhecido.

Certamente a maioria de vocês nunca provou um Chá Amarelo e eu os incentivo a tal pois é um chá com personalidade própria, e ele é muito, muito agradável para uma tardezinha nublada como esta aqui em casa...

18/03/2011

Açúcar em cubos ou, um dos únicos sabores que sinto enquanto estou resfriada

Os últimos dias por aqui têm sido de chuva, com noites mal dormidas por conta dos bebês cães e um resfriado que resume meu paladar entre doce ou salgado. Por isso, vou aproveitar para mostrar aos que gostam de adoçar suas bebidas, uma forma charmosa de apresentar o açúcar à mesa.

Sugar "cubes by Yuri Hayashi, on Flickr

Os cubos de açúcar foram inventados em 1841 pelo tcheco Jakub Kryštof Rad. Reza a lenda que após sua esposa se machucar ao cortar uma barra de açúcar, pediu para que ele tomasse providências (Rad era simplesmente o diretor da empresa de açúcar da cidade). Eis então que surge o açúcar em cubo (também conhecido por aí como sugar lump)!

A receita é muito simples: para uma colher de sopa (bem cheia) de açúcar cristal, adicione uma colher de café de água. O que estamos procurando é a consistência parecida com a de areia molhada, então fique à vontade para adicionar mais água caso necessário. Depois é só abrir o açúcar em uma mesa e cortar com cortadores de cookie. Deixe secar em uma superfície bem lisa (ou o açúcar irá grudar), pode ser em papel manteiga ou silicone também. Dependendo da quantidade de líquido que foi adicionado, pode demorar mais de dois dias para que seu cubo seque por inteiro e fique pronto. No caso do cubo colorido da foto, em cor avermelhada, eu utilizei o suco fervido de uma beterraba para obter a cor (ela não deixa sabor). É só substituir a água pelo suco que funciona muito bem. E você pode fazer várias combinações de cores e líquidos para obter açúcar dos mais diversos sabores, é só utilizar a criatividade!

Sugar "cubes" by Yuri Hayashi, on Flickr

Apesar de vermos o uso do cubo de açúcar nos chás de muitos filmes em inglês, foi na Rússia onde se estabeleceu a tradição do chá bem forte, com um pouco de limão, tomado com o cubo de açúcar preso entre os dentes. 

Aproveite esta apresentação para a sua mesa, sem nunca mais precisar pagar R$8 por um pote de açúcar em cubos no mercado (um verdadeiro assalto).

16/03/2011

O momento de ajudar...

Tantas coisas acontecendo no nosso mundo e, para quem puder, é o momento de ajudar.

Para quem gostaria de ajudar especialmente as famílias que cultivam chá no Japão, esta é a chance. Esta campanha promovida por uma empresa da área, visa ajudar, em especial, a indústria do chá e caso hajam excedentes, eles irão para a Cruz Vermelha Japonesa (clique na imagem para ir ao site):


Para ajudar os japoneses de forma geral, veja mais detalhes no site da Marisa Ono: http://marisaono.com/delicia/?p=3104

E ainda, quem puder ajudar as vítimas do litoral paranaense que também sofreram com as últimas chuvas, leia esta matéria do G1: http://g1.globo.com/parana/noticia/2011/03/provopar-divulga-35-pontos-de-coleta-para-doacoes-vitimas-da-chuva.html

11/03/2011

Cohiba

Para amenizar a falta que um amigo canino faz, abrigamos o Cohiba, novo parceirinho do Fidel.

Favelinha by Claudio Brisighello, on Flickr

O Fidel está gigante com quase dois meses e meio, enquanto o pequeno Cohiba chegou aqui com menos de um mês! Nem preciso dizer que o Fidel amou ter o Cohiba por perto! Mas não se enganem, o novo membro do ranchinho tem carinha de ursinho de pelúcia mas rosna e avança como um verdadeiro cão de guarda!

 Acima, a foto de autoria do meu marido em um momento de pura convivência dos dois monstrinhos.

05/03/2011

Hora do Brunch: Sanduíche de Ovo!

Brunch (Breakfast + lunch) é o "café da manhã almoço" dos britânicos. Geralmente, é uma refeição mais reforçada que o café da manhã e mais leve que o almoço. Servido depois das 10am até após o meio dia, ele é composto de comidas que incluem ovos, bacon, linguiça, saladas, sopas, sanduíches, etc.

De tempos em tempos rola um brunch aqui em casa. Ou até um "dunch" pois fazemos uma refeição como o brunch na hora do jantar. Mas pegamos leve, e caprichamos apenas no sanduíche de ovo que é o meu favorito!

Sanduíche de Ovo... by Yuri Hayashi, on Flickr

O meu marido faz o melhor sanduíche de ovo que eu conheço! Mas não é difícil de criar a sua receita campeã. Basicamente vai um ovo esmagado, maionese, temperos, embutidos e folhas.

Sanduíche de Ovo... by Yuri Hayashi, on Flickr

O segredo é colocar um elemento adocicado no sanduíche e ele fica simplesmente fantástico. Meu marido usa erva-doce no tempero e, no sanduíche desta foto, ele fez o pão de batata-doce, por isso apresenta uma coloração rosada (outro pão que casa bem é o Brioche).

Para deixar a refeição perfeita, faço um chá Earl Grey ao melhor estilo inglês, com leite e açúcar. A combinação é marcante, aromas e açúcar na medida certa.

INSTAGRAM @chaarteevida

Escola de Chá Embahú

Comentários Recentes

Receba as atualizações por email

Este símbolo indica conteúdo em língua inglesa
♦♦ Este símbolo indica conteúdo em língua francesa
♦♦♦ Este símbolo indica conteúdo em língua japonesa
Este símbolo indica conteúdo em língua espanhola


Arquivo do blog

Siga-me!

InstagramFlickrFacebookFeed RSSFlickrTwitter Feed RSS
 
| Início | Sobre a Autora | Entre em Contato | Escola de Chá Embahú |

Design e Fotos por Yuri Hayashi.
"Chá & Poesia" - Todos os direitos reservados, 2008®, 2009®.
"Chá, Arte e Vida!" - Todos os direitos reservados, de 2010® a 2016®.